Páginas

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

LIVRINHO SOBRE DEUS

ATIVIDADE

Algumas crianças podem,confeccionar livrinhos nos quais coloquem o que têm aprendido sobre Deus.Cada criança deve receber folhas de papel para as páginas do livro e um pedaço de cartolina colorida para a capa.

Na primeira página cada criança fará desenhos ou colará figuras de coisas que mostram o amor de Deus:elementos da natureza,pais,amigos, etc.Escrever o título da página:"Deus me Ama".

Na segunda página, os desenhos ou figuras devem ser sobre situações em que as crianças devem buscar e contar com a ajuda de Deus: em viagem,doente,diante de um trabalho difícil, etc e o título será:"Deus me ajuda".

A terceira página poderá ter um título:"Deus me ouve" e nela as crianças escreverão ou farão desenho sobre orações que fizeram e que foram respondidas pelo Senhor.

A última página pode ter como título:"Música que eu aprendi sobre Deus" e nela as crianças copiarão músicas que aprenderam ,usando canetinhas de cor diferente e decorando a página com desenhos.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

JOGO DE VARETAS

Aplicação:

Jogo para revisão de conteúdo da aula.
Número de participantes: acima de 2.
Idade: a partir de 4 anos.
Material: Um jogo de varetas








Desenvolvimento:

01) Reuna os evangelizandos ao redor da mesa.
02) Lance as varetas sobre a mesa.
03) Peça para um evangelizando retirar uma vareta sem mexer as outras.
04) Segue o jogo até alguém mexer.
05) Quando isso ocorrer, o evangelizando que estiver à direita daquele que mexeu deverá responder uma pergunta ou realizar uma atividade previamente elaborada pelo evangelizador (por exemplo: se a aula foi sobre prece, peça para ele fazer uma prece, se foi sobre amor ao próximo, peça para ele escolher um colega e abraçar, etc)
06) Continuar o jogo enquanto houver interesse dos participantes.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

COMO TRABALHAR POESIA




1-SARAU

NÚMERO DE PARTICIPANTES: individual

MATERIAIS: caixa de papelão,folha de  papel sulfite A4,lápis de cor, lápis preto,poemas.

COLOCANDO EM PRÁTICA

Dias antes da realização desta atividade peça aos alunos que pesquisem em casa com a ajuda dos pais, um poema. Logo após, redigem o material encontrado em uma folha de sulfite,colocam o nome e levam os trabalhos para a evangelização. Na data da dinâmica recolha todos os textos e coloque-os em uma caixa de papelão encapada previamente. Solicite às crianças que definam uma ordem para que, uma a uma “sorteie” um papel e leia-o em voz alta para a classe. Quando as poesias acabarem, a turma escolhe aquela com a qual mais se identificou e cada uma faz um desenho relacionado a ela. Por fim, organizam um mural com a produção.

2-VAMOS REESCREVER?

NÚMEROS DE PARTICIPANTES:grupos (2 4 alunos)

MATERIAIS:canetinhas coloridas,folhas pautadas, lápis preto, papel color set, poemas diversos.

COLOCANDO EM PRÁTICA

Divida a classe em grupos de 2 a 4 alunos e leia alguns poemas para todos. Aproveite para ensinar as crianças a declamar com entonação,pausa e ritmo. Entregue uma folha com os textos lidos anteriormente e peça que substituam determinadas palavras e versos por outros de criação própria, reescrevendo-os de forma coletiva. Então, reproduzem a obra no papel color set e colem-na em uma parede da sala de aula.

3- A RIMA DAS PALAVRAS

NÚMERO DE PARTICIPANTES: individual

MATERIAIS: borracha,canetinhas coloridas, folhas pautadas,lápis preto.

COLOCANDO EM PRÁTICA

Explique à classe que a rima é a correspondência dos sons finais entre as palavras ou entre dois  ou mais versos. Dê alguns exemplos para que esse conceito fique mais claro. Então estimule as crianças a escrever, em uma folha pautada 5 vocábulos quaisquer com as canetinhas coloridas,sendo um em cada linha. Depois, trocam os papéis com um colega para que este redija uma palavra que rime com a já escrita, como “amor” e “calor”. Logo após,solicite que leiam em voz alta as combinações que fizeram e produzam em duplas, um pequeno poema com elas.

Exemplos de poesias que pode ser trabalhada com as crianças:

-As partes da planta- Geni Chaves
-Resposta de Mãe – João de Deus
-Poesias do livro Pai Nosso, de Meimei
-Quadrinhas







sábado, 9 de fevereiro de 2013

TRENZINHOS DA EVOLUÇÃO



Uma interessante história dos trenzinhos que estão chegando trazendo espíritos que darão impulso à evolução do planeta!

Idealizada e produzida  para o trabalho de Evangelização.

O presente trabalho tem por objetivo a educação e a formação do homem de bem.

Na nossa história, vamos imaginar que todos nós partimos do Mundo Espiritual em um trem com destino à Terra.

Narrador: Um dia Jesus achou
                 Que a Terra pronta estava
                  Para nela receber
                  Muitas almas que Ele amava

                  E assim começa então
                  Nossa Terra a povoar
                  São diversos corações
                  Que precisam de estudar

                  Muitos trens são arrumados
                  Indo em toda a direção
                  Trazendo espíritos carentes
                  Em busca da evolução

                 Vieram seus passageiros
                 Sem escolha ou com preferência
                 Para desenvolverem na terra 
                 Um pouco de sua inteligência

                 Deveriam também treinar
                 Muito a sua moral
                 Também estavam atrasados
                 Neste setor afinal

                 Todos eles precisavam
                 Marchar rumo a perfeição
                 E por isso precisavam
                 Usar da reencarnação

                Com tudo programado
                Conseguiram autorização
                Para que então na terra
                Exercessem sua função

                Antes da partida de cada trenzinho, seus componentes fazem fervorosa oração e aos seus superiores pedem muita proteção.

Música:  Papai do céu eu te peço
               Que eu consiga afinal
               Ser uma criança em breve
               E trabalhar contra o mal

               Que eu consiga amar
               A todos por onde eu passar 
               E  que eu possa te encontrar
               No dia que eu voltar

http://www.4shared.com/music/oaYBD7wf/15_online.html

Narrador: Muitos milênios passaram
                Como homem a renascer
                Muitos são os seus problemas
                Que ele terá que vencer

                Trabalhar sua moral
                E também sua inteligência
                O homem muito precisa
                 Desde equilíbrio afinal


                 Desde a criação do planeta, Jesus está sempre mandando espíritos com diferentes graus de evolução para que uns ajudassem aos outros na grande Escola da Terra.
                  Jesus ama de tal forma a sua "Escola da Terra" que quando os homens aqui encarnados estavam com um certo adiantamento, Ele mesmo veio dar  aulas a todos os seus alunos. Foi o maior de todos os nossos Mestres. 

                   E assim há 2000 anos:


Canto:       Em Belém lá na Judéia
                  Tendo como mãe Maria
                  E José fiel amigo
                  Nasce um rei na estrebaria

Narrador:  Com a chegada de Jesus à Escola da Terra, muitas aulas a humanidade teve. Todas elas falam de amor e nos ensinam o caminho da perfeição.

Música:  Jesus na Terra

               Papai do céu nos mandou
               O amor na forma de Jesus
               E os seus ensinos cobriram a terra
               Mostrando o caminho para a luz
               Diz que não devo fazer para você
               O que eu não quero que você faça pra mim
               Nos ensina que ninguém deve julgar
               Porque na terra qualquer um pode errar


Narrador:Ao terminar sua missão na Terra
                 Jesus volta ao seu reino de amor
                 Porém antes tranquiliza-nos dizendo:
                 Eu vos mandarei o consolador
                 Que permanecerá sempre convosco
                 E entender o porque da dor

                  Seus discípulos fiéis
                  Com muita fé e coragem
                  Por toda parte pregaram
                  Sua bela mensagem

                  A humanidade egoísta
                  Começou a deturpar
                  A lei do amor e da paz
                  Em seu próprio bem estar

                  E de tal forma modificaram seus ensinamentos que era necessário organizar novamente em toda sua pureza o Evangelho de Jesus acrescido de novas explicações.
                  E assim parte de uma colônia espiritual, no ano de 1804, um trem da evolução com destino a cidade de Lion na França, trazendo entre outros alunos o nosso querido Allan Kardec.


Música:      Na França 
                   Allan Kardec nasceu
                   Para o consolador trazer
                   A doutrina dos espíritos
                   Para o mundo conhecer


                   Obrigado Allan Kardec
                   Pelo bem que tu fizestes
                   Mesmo encontrando barreiras
                   Prova de amor nos destes

                   Precisava reviver
                   Com  intensa luz
                   Que iluminasse a Terra
                   Com a paz de Jesus
                   A doutrina do otimismo                   
                   Foi na terra brasileira
                   Que floresceu o Espiritismo 
                    

Narrador:   Jesus  continua mandando almas nobres para a terra Brasileira em diversos trenzinhos da evolução que aqui chegam desde os primórdios de nossa pátria.
                     A bem pouco tempo chegou um trem especial: o trem do terceiro milênio, cujas almas lutarão pelos ideais de um mundo de liberdade e igualdade, pois é chegado o momento. "A TERRA ESTÁ PRONTA ARAI..."

Música:       A Terra está Pronta, Arai (Francisco Ernandes) 


                    O trem da evolução já vem chegando
                    Trazendo a caravana da amizade
                    Crianças de todas as raças
                    Cantando com plena liberdade

                     A Terra está pronta, arai

                     Deus não estabeleceu fronteiras
                     Nem preconceito entre os povos
                     Foi ele que nos enviou Jesus 
                     Para nos mostrar os rumos novos

                     A missão da caravana da amizade
                     É mostrar a importância da união
                     É lembrar que a caridade e a humildade
                     Juntas nos conduzem a perfeição

                     Aproveitemos a oportunidade
                     Que o terceiro milênio nos trás
                     Seguindo o Evangelho de Jesus 
                     Sob o lema do amor e da paz


                     A Terra está pronta, arai


http://www.4shared.com/music/CEes-FKn/19__1_.html

Narrador:    Falam-nos os espíritos que no limiar do terceiro milênio estariam reencarnados na Terra 50 mil espíritos missionários para que ajudassem massissamente na construção do mundo de regeneração tão esperada.
                    Pensemos na grande responsabilidade de cada um e com muita  alegria convidamos: 


Música:      Alegria com Jesus (L.M Marinho)

                   Vem sorrir, vem cantar, o amor está no ar
                   Com Jesus em nossas vidas
                   Vamos juntos caminhar

                   Todos de mãos dadas, sentindo essa emoção
                   A alegria contagia e engradece o coração


Narrador:  Apesar das dificuldades encontradas na Terra, das lutas, das armas, resta muita esperança, pois a semeadura é feita de diversas maneiras. As sementes devem ser boas para o mundo transformar.
Mudemos a dor com amor...

Música:      Um Mundo Melhor (Marinho) 

                   Quanta alegria, Papai do Céu nos guardou
                   A nossa terra querida
                   Se transforma com o nosso amor

                   Quanta luz eu posso ver num coração de criança
                   Meu Jesus eu quero ter no futuro esperança

                   Quanta alegria, Papai do céu nos guardou
                   A nossa terra querida
                   Se transforma com o nosso amor

                   O Evangelho ensina a lição
                   De nos tratar como irmãos
                   E assim temos em nossas mãos
                   A paz, o amor, a união

                   A nossa terra querida
                   Se transforma com o nosso amor

                


           

            
    



            
               

     
               
                    
                  
     

  
              

         
             
                
      

           
               



terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

HISTORIAS


Entre os recursos que Jesus mais utilizou para ensinar grandes verdades está a história.

Histórias simples, da vida cotidiana do povo de sua época, a que chamamos Parábolas.

Para a Educação do Ser Integral a história é um recurso muitíssimo valioso porque: agrada a todas as idades; estimula a imaginação, a emoção, o pensamento lógico, ativando tanto o hemisfério cerebral direito quanto o esquerdo; auxilia na configuração mental do que ouve; é uma linguagem emocional que auxilia na compreensão de um assunto e na liberação de tensões; pode auxiliar na resolução de conflitos emocionais por possibilitar a identificação do ouvinte com o problema evidenciado e com sua solução;fixa os conteúdos através de imagens que perduram por mais tempo na memória; pode desencadear inúmeras atividades de criatividade.

Quando o educador faz só o apelo ao intelecto nem sempre capacita o educando a sentir, a perceber o “imponderável”. Só o apelo à emoção é manipulação, não contribuindo para a libertação espiritual. A história favorece o sentir e o discernir. A narração de uma história não é um processo passivo, pois o narrador vai dialogando com o ouvinte, suscitando suas reações, levando-o a refletir.

 Qualidades de Um Contador de Histórias

Contá-la com expressão viva, alegre e sugestiva, emocionando-se com os episódios narrados.
O tom de voz adequado, claro e agradável é de máxima importância.
Conhecer bem o enredo. Não hesitar, ou interromper a narrativa por não saber a continuidade da história. Contar sem gesticulação exagerada. O exagero pode sacrificar o efeito da narrativa, pois as crianças passam a interessar-se mais pela técnica do que pelo conteúdo. Os gestos devem ser sóbrios, simples, mas expressivos, sem monotonia, acompanhando o enredo.
Manter condições favoráveis à atenção dos ouvintes, através de providências antes e durante o desenrolar da narrativa, tais como:

- Evitar barulhos próximos, entrada e saída de pessoas etc.
- Não interromper a narrativa com advertências. Faça um sinal significativo ou dirija um olhar ou sorriso, mas não pare para repreender.
- No caso de ser interrompido com uma observação, concorde com um sorriso, se for o caso, ou faça um gesto para que aguarde. Concluída a narração, dê a oportunidade para que o outro fale. Use sempre tato e bom senso nesse relacionamento.

Procurar corrigir-se de hábitos como: fechar os olhos, abrir a boca, fazer trejeitos, evitar os cacoetes, defeitos de dicção e estribilhos, tais como: compreendeu?, escuta..., sabe?, aí...

Dispensar aos ouvintes a mesmo atenção. Tratá-los com igual simpatia, sem concentrar sua atenção a um grupo limitado de ouvintes.

Como tornar a história ainda mais atraente

Introduzindo versinhos musicados no decorrer ou no final da narrativa. Não explicitando a “moral” da história, ao final.

Ajude o ouvinte a tirar suas próprias conclusões, através de perguntas que estimulem a reflexão.

Conversando, ao final, para verificar o impacto causado e prolongar o clima emocional. No caso de ser interrompido com uma observação, concorde com um sorriso, se for o caso, ou faça um gesto para que aguarde. Evitando fazer observações a respeito de detalhes da gravura.

Variando os recursos para sua apresentação:

- usando gravuras;
- usando livros;
- com flanelogravuras;
- com tabuleiro de areia;
- com teatro de vara, sombra e outros;
- desenhando a narrativa
- com personagens confeccionados por dobraduras;
- usando um fantoche para animar
- com interferência de palavras, frases, músicas ou onomatopéias pelo narrador ou pelos ouvintes;
 - com trava-línguas;
- com histórias criadas pelo próprio educando, individual ou coletivamente;
- através de gravação dramatizada.

Observações:

- A flanelogravura é adequada às histórias em que os personagens entram e saem do cenário em momentos diferentes. Cada personagem só é colocado no flanelógrafo no momento do seu aparecimento na narrativa e retirado quando sai da cena.


O flanelógrafo, assim, possibilita o movimento dos personagens.

- O tabuleiro de areia também favorece a movimentação dos personagens e possibilita a percepção de profundidade.

- Quando a história apresentar poucos personagens e poucos detalhes, pode-se torná-la mais interessante confeccionando dobraduras, desenhos, modelagem etc., à medida que for sendo narrada.

Gravação dramatizada

É a utilização de recursos de rádio-teatro como meio de apresentar histórias. Gravar em fita de áudio uma história, lenda, fábula, conto, dramatizando-a, é um recurso interessante pois podemos usar:

diálogos entre os personagens narrações efeitos sonoros músicas.

Diálogos

O diálogo é a parte mais importante porque a trama se desenvolve na fala dos personagens. Em algumas histórias predomina a narração e, tanto quanto possível, devemos transformá-la em diálogos, o que prenderá mais a atenção dos ouvintes. Ao escrever os diálogos devemos usar frases diretas e curtas, imaginar as intenções, os movimentos e expressões dos personagens.

Narrações 

A narração mostra elementos da história que não podem ser dramatizados: descrição dos ambientes onde acontecem os fatos; relatos do passado que nos ajudam a entender os acontecimentos do presente; relatos sintéticos para evitar aumentar desnecessariamente a história; a passagem de uma cena para outra.

O narrador não deve: antecipar o que vai acontecer; descrever as emoções dos personagens, o que será expresso pelos diálogos, pela música, pelos efeitos de som; dar lição de moral ao final da história.

Efeitos sonoros

Devem ser sugeridos pela própria narração, para dar-lhe mais realismo, ou mesmo substituir trechos. Os efeitos sonoros podem ser encontrados em fitas e discos, mas podemos produzi-los, como, por exemplo:

chuva - batida ritmada das pontas das unhas numa mesa, ou despejar lentamente arroz sobre lata ou, ainda, amassar papel celofane

cavalo - batida ritmada de cocos

ventania - sacudir papel trovoada - sacudir folha fina de zinco.

Outros sons podem ser gravados diretamente onde são produzidos: passos, buzinas, vozes, batidas de máquina, ondas do mar etc.

Os efeitos sonoros são a linguagem da natureza.

 Música

A música deve ser usada nas gravações dramatizadas para ressaltar os momentos de maior emoção ou substituir parte da narração que descreva essas emoções. À medida que elas se tornam mais intensas, a música deve tornar-se mais forte, transmitindo a emoção.

Nas gravações a música pode ser utilizada, principalmente, como cortina e como fundo. As cortinas musicais são frases musicais, geralmente de curta duração, usadas para separar cenas, ou no início e término de narrações ou diálogos. O fundo musical acompanha os diálogos ou a narração e são usados para criar mais emoções ou suspense nos momentos decisivos da história.

(FONTE-EDUCAÇÃO DO ESPIRITO- LFC) Técnicas e Recursos Instrucionais