Páginas

sábado, 31 de outubro de 2015

CÉU E INFERNO EXISTENCIAIS






CÉU E INFERNO EXISTENCIAIS


JUSTIÇA DIVINA: A CADA UM SEGUNDO AS SUAS OBRAS





MARICOTA SERELEPE

LEMBRANCINHA


TINTINO O ESPETÁCULO CONTINUA...









TINTINO





CÉU E INFERNO EXISTEM?



domingo, 4 de outubro de 2015




TINTINO O ESPETÁCULO CONTINUA
 Adaptação do livro do mesmo nome(Francisca Clotilde/Francisco Cândido Xavier) baseada na adaptação contida no livro “O Teatro na Educação do Espírito”(Walter Oliveira Alves), com a inclusão de algumas estrofes do poema “Aos amigos pequeninos” de Casimiro Cunha.

TINTINO VAI ENTRAR PELA PORTA DA FRENTE DEVAGAR DURANTE AS FALAS DE NARRADOR 1 E 2 (vivendo em muitos circos) ATÉ CHEGAR AO PALCO E SENTAR-SE DE FRENTE  PARA O PÚBLICO

NARRADOR 1:
Segue Tintino, doente,
Segue sempre, rua em rua,
Nem ele sabe onde mora,
Só sabe que continua...

Continua caminhando...
Com vontade de chegar...
Chegar aonde?!... Sozinho,
Não tem a porta de um lar...

NARRADOR 2:
Escora-se unicamente
No seu cajado.
Com noventa anos de idade
Tem o corpo inclinado à terra
E o rosto enrugado.

Foi somente palhaço,
Vivendo em muitos circos...

NARRADOR 1:
Nesse dia, estava aflito,
Sentia muitas dores
Tinha mais frio, mais febre,
Trazia a cabeça tonta.

Ah! Se tivesse uma esteira e um cobertor...
Um quarto para dormir!...

NARRADOR 2:
Lembrava a infância risonha
No rancho humilde e bem-posto.
O pai cultivando a roça,
A mãe a beijar-lhe o rosto.

Após a morte dos pais,
Agora rememorava

Levados por Deus ao Céu
Fez-se menino de circo.

Criou-se nele um palhaço...
Brincava de cena em cena.
As piruetas da arena...

NARRADOR 1:
Deram-lhe um nome: Tintino...
Isso talvez porque usasse,
Toda vez que se exibia,
Diversas tintas na face.

Recordava as grandes noites,
A música alvoroçada,
As palmas, chapéus em flores
E os gritos da criançada...

NARRADOR 2:
Quanto mais ampla era a festa,
Quanto aplauso, quanta gente!...

Agora estava cansado...

Começara a chuva leve,
Vinha a noite...
Enfrentaria geada com ventania.
Decidiu então pedir ajuda...

TINTINO VAI SE LEVANTAR E CAMINHAR ATÉ O ARMAZÉM

TINTINO:
- Será que o senhor me arranjaria um cobertor.
Estou com muito frio.

DONO DO ARMAZÉM:
- Saia daqui, beberrão!!

TINTINO:
- Cachaça, nunca bebi...

DONO DO ARMAZÉM:
- Caia fora, siga em frente!...

Este velho é conhecido,
Era palhaço e ladrão.

NARRADOR:
E Tintino foi em silêncio
Bater à casa seguinte.

TINTINO VAI EM DIREÇÃO DA CASA DE DONA ESTELA

TINTINO:
- Por favor, senhora, me ajude!! Estou doente!! Tenho frio e fome!!

DONA ESTELA:
- Vá-se, patife indecente!
Você viveu na folia,
Sem folia que se aguente!... 

TINTINO VAI EM DIREÇÃO AO BAR DO JOÃO DA LUA

NARRADOR:
O pobre mudou de rumo
Foi ao bar do João da Lua.

TINTINO:
- Por favor, me ajudem!!

JOÃO DA LUA:
- Joguem Tintino na rua!...

COM UMA VASSOURA NA MÃO, VAI EXPULSAR TINTINO DANDO VASSOURADAS NELE

- Saia fora daqui!!!

TINTINO VAI RECEBER AS VASSOURADAS, SE ARRASTA CONFORME A NARRAÇÃO ATÉ SENTAR-SE NO MEIO DO PALCO E DEPOIS SE DEITAR...

NARRADOR:
Tintino arrastou-se a todo custo,
Pôs-se, ao longe, na calçada;
Recebera nas costelas
Vigorosa vassourada.

Caíra a noite...
Tintino queria amparo,
Mas não surgia ninguém
O pobre não mais se erguera;
O vento gelava tudo.

Por fim, dormiu e sonhou...

NARRADOR 1 e 2 SAEM DE CENA PARA SE PREPARAREM PARA A 2.a PARTE

TINTINO DESENCARNA E VAI SER LEVADO POR UM PALHAÇO JÁ DESENCARNADO

ENTRA UM OUTRO PALHAÇO, REPRESENTANDO UM PALHAÇO DESENCARNADO E LEVA TINTINO PARA O PLANO ESPIRITUAL.

 RETIRADA DO CENÁRIO/ COLOCAÇÃO DO NOVO CENÁRIO –  CIRCO ENQUANTO ISSO  TINTINO MUDA DE ROUPA
MÚSICA: Pensamento Sideral – Grupo Alma Sonora – cd

TINTINO VOLTA ENTRANDO PELA PORTA DA FRENTE JÁ COM UMA ROUPA AZUL, BRILHOSA. VÊ TUDO DIFERENTE, TENTA ENTENDER O QUE ESTÁ ACONTECENDO. JESUS SURGE .TINTINO SE ADMIRA COM A SUA PRESENÇA.

 JESUS:
- Tintino, você chegou à grande libertação.
Você construiu no circo,
Servindo de bom humor,
O caminho que o trouxe agora
Ao reino de paz e amor.

TINTINO:
- Diga, Senhor... quem me fala?

JESUS:
- Eu sou Jesus!...

JESUS E TINTINO SE ABRAÇAM EMOCIONADOS

JESUS:
- Venha, Tintino, sente-se ali. O espetáculo de hoje é em sua homenagem.

TINTINO SENTA-SE NO LUGAR DETERMINADO, JESUS SAI DE CENA, O APRESENTADOR ENTRA COM MÚSICA DE CIRCO AO FUNDO

APRESENTADOR:
- Senhoras e senhores...Sejam bem-vindos ao Mundo Espiritual. Hoje nosso espetáculo será em homenagem ao palhaço Tintino e a todos aqueles que, como ele, fazem o bem na Terra.

ENTRAM AS CRIANÇAS VESTIDAS DE DIVERSOS PERSONAGENS DE CIRCO: , DANÇARINA, PALHAÇO, MÁGICO, TRAPEZISTA, MALABARISTA, DOMADOR, etc
SE ARRUMAM NO PALCO
UMA CRIANÇA ESTARÁ COM UM BUQUÊ DE FLORES. SAI DO SEU LUGAR E ENTREGA A TINTINO

CRIANÇA COM BUQUÊ DE FLORES:
- Tintino, você sempre se preocupou em fazer as crianças felizes. Agora as crianças se preocupam em fazer você feliz.

A CRIANÇA ENTREGA O BUQUÊ DE FLORES A TINTINO E VOLTA
PARA O LUGAR.

OUTRA CRIANÇA FALA, SEM SAIR DO LUGAR.
CRIANÇA:
- Nós ensaiamos uma música para cantar para você, Tintino.

AS CRIANÇAS CANTAM
 MÚSICA: “O bem” – Tia Vilma

Seja pobre ou seja rico
Bem sabido, um gênio até
Tudo o que você sabe, tudo o que você tem
Não traduz bem o que você é

Verdadeiro só é o bem
O bem, o bem que se faz
Quando a gente faz um bem a alguém
Quanto bem este bem nos traz
Quando a gente faz um bem a alguém
JESUS ENTRA EM CENA NOVAMENTE E FALA PARA TINTINO
JESUS:
- O Céu vela sobre todos,
Não há serviço infecundo;
Eu sei que você chorava
Embora alegrando o mundo...

O circo pagou a graça
Que você distribuiu
Mas Deus lhe premia agora
As dores que ninguém viu.
ENTRA O MÁGICO
MÁGICO:
As minhas mágicas são apenas truques. O grande mágico é Deus: transforma um corpo velho e doente, num moço cheio de alegria, fazendo feliz aqueles que durante toda a vida fizeram os outros felizes. 

ENTRA O PALHAÇO(O MESMO QUE LEVOU TINTINO)

PALHAÇO:
-Tintino teve o seu corpo espiritual transformado de acordo com as suas ações no mundo. Quem muito deu alegria aos outros merece ser feliz. Bem-vindo, Tintino, ao nosso mundo de paz e alegria!! 

JESUS:
- Essas crianças aqui reunidas, Tintino, representam todas as crianças para as quais você levava o pão da alegria. Elas querem passar alguns conselhos aos pequenos que se encontram nesse momento na Terra.

ALGUÉM DÁ O MICROFONE PARA AS CRIANÇAS QUE VÃO PASSANDO DE UMA PARA A OUTRA

CRIANÇA 1:
Meu amigo pequenino,
Que já pensa, que já lê,
Nosso Pai que está nos Céus
Tudo sabe, tudo vê.

CRIANÇA 2:
Escuta-lhe as orações
De graça, louvor e fé...
Vê seu pente, sua escova,
Sua roupa, seu café.

CRIANÇA 3:
Acompanha-lhe, bondoso,
Os estudos e os brinquedos;
Para seus olhos divinos,
Não há sombras, nem segredos.


CRIANÇA 4:
Observa, atentamente,
Suas palavras e ações,
No lar e na escola amiga,
Na rua e nas refeições.

CRIANÇA 5:
Sorri, contente e feliz,
Por encontrá-lo no bem;
Mas, se você faz o mal,
Lamenta como ninguém.

CRIANÇA 6:
Conforme agimos na vida,
Concede-nos de seus dons;
Se dá correção aos maus,
Premia e conforta os bons.

CRIANÇA 7:
Trabalhe e estude, contente,
Sem descuidos de você.
Não se esqueça, meu pequeno,
Que Deus tudo sabe e vê.




ENTRAM A MOCIDADE E O GRUPO DE ESTUDOS PARA CANTAR
Música: “Sorriso” – Grupo AME

Ah, faz da tua vida
Um sorriso de esperança
Sorria, sorria . . .
E alegra aquele que apenas tem
Lágrimas de dor para mostrar
E, com a tua voz,
Segue em frente no caminho
E canta, e canta . . .
Para quem não tem razão mais pra cantar
Mostra a eles que o amanhã será melhor
Será feliz, se houver sorriso,
Se houver canção, coragem e fé
Sorria, sorria e canta, e canta . . .

APÓS A MÚSICA TODOS SAEM POR ENTRE AS FILEIRAS JOGANDO PEDACINHOS DE PAPEL PRATEADO OU DOURADO SOBRE A PLATÉIA ENQUANTO SERÁ PASSADO UM VIDEO COM A MÚSICA “ALEGRIA” DO CIRQUE DU SOLEIL.



ADAPTAÇÃO - GRUPO ESPÍRITA JOANA D'ARC
DEPARTAMENTO DE INFÂNCIA E JUVENTUDE




domingo, 19 de julho de 2015

RESPOSTA MÃE



Trabalhar o Texto "Resposta Mãe"leitura,jornal,perguntar e esclarecer o significado das palavras como: alvorada,orvalhada,Céu tranquilo,no templo do coração,entre outras....

TEXTO: RESPOSTA MÃE

Minha mãe,onde está Deus?
-Ora esta minha filha,Deus está na luz que brilha sobre a Terra,pelos Céus.
Permanece na alvorada, 
No vento que embala os ninhos, 
No canto dos passarinhos, 
Na meiga rosa orvalhada. 
Respira na água cantante
Da fonte que se desata, 
No luar de leite e prata, 
Está na estrela distante 
Vive no vale e na serra
Onde mais? 
como explicar-te?
Deus existe em toda à parte, 
Em todo lugar da Terra...
-Ó mamãe?
Como senti-lo, bondoso,sublime e forte?
Será preciso que a morte Nos conduza ao Céu tranquilo?
Não filhinha!
Ouve a lição, 
Guarda a fé com que te falo,
Só podemos encontra-lo
No templo do coração

 ( Livro Jardim da infância - Francisco Cândido Xavier- FEB

 Ilustrar o trecho do texto que o evangelizando mais gostou. Expor os trabalhos em um mural,papel pardo ou varal.

POESIAS DO LIVRO CARTILHA DO BEM






sexta-feira, 17 de julho de 2015

A MAGIA DOS FANTOCHES


O trabalho com esses bonecos estimula a criança a trabalhar com habilidades importantes para o desenvolvimento infantil. Também é um ótimo recurso para dar boas vindas às crianças no inicio das aulas. 

PREPARE O SHOW 

Use efeitos de luz, com lanternas de cores diferentes: colocando papel celofane na frente desta lanterna.

Coloque música para dar um clima na história.

Deixe que as crianças participem da história, conversando com os fantoches.

Faça o papel de mediadoras enquanto outra evangelizadora representa com o fantoche.

Prepare uma história para contar, que tenha como tema os primeiros dias de aula, para ajudar os alunos a se adaptarem.